template base
Quarta feira, 21 de Junho de 2018

Cereais de verão

Importância

O acesso em quantidade e qualidade de alimentos requeridos pelo cidadão é direito fundamental à vida. Neste contexto, a segurança alimentar brasileira depende direta e indiretamente de cereais, que incluem o trigo, o arroz, o milho, a cevada, a aveia, o sorgo, o milheto, o triticale e o centeio. Estas culturas totalizam cerca de 19 milhões de hectares cultivados e 47 milhões de toneladas de grãos produzidas, no entanto, a produção nacional ainda é insuficiente para atender a demanda interna de cereais. Este déficit entre o grão produzido internamente e a necessidade de consumo coloca o Brasil em uma posição de grande dependência do produto importado.

Estratégias

Uma das estratégias efetivas para contribuir com maior oferta e diversidade de alimentos é a organização e manutenção de repositórios de germoplasma com ampla variabilidade genética, disponível aos programas de melhoramento dos produtos agrícolas em questão. Atualmente, a Embrapa mantém vários repositórios denominados de bancos de germoplasma, com um total aproximado de 52 mil acessos de cereais e espécies afins, onde estariam conservadas também, populações silvestres, genótipos rústicos e híbridos interespecíficos.Dentre as espécies que podem ser potencializadas ao cultivo, encontram-se o cereal tef e os pseudocereais quinoa, amaranto e trigo sarraceno. Desconhecidas ou pouco utilizadas na agricultura brasileira, estas culturas apresentam relevante importância sócio-econômica em outras partes do mundo, pela diversidade de usos e valor nutritivo.

Objetivos

As atividades desenvolvidas com recursos genéticos de cereais, suas espécies afins, nativas e exóticas, e pseudocereais de importância imediata ou a médio prazo no sistema agrícola brasileiro, tem como principais objetivos: 1. Enriquecimento da variabilidade genética disponível; 2. Caracterização e avaliação agronômica, morfofenológica, molecular e citogenética; 3. Conservação e manutenção a médio-longo prazo da variabilidade genética disponível; 4. Documentação e disponibilização da informação sobre recursos genéticos de cereais; 5. Desenvolvimento e organização de acervos de recursos genéticos com valor agregado.

Histórico

No Brasil, as pesquisas com trigo comum e cevada começaram em 1920 e com triticale no final da década de 60; na década de 80, recomeçou a pesquisa com aveia, dando início ao estabelecimento sistematizado do patrimônio genético nacional dessas culturas. Da mesma forma, constituem valioso reservatório de genes, que urge ser conservado e utilizado, as espécies silvestres de cevada Hordeum stenostachys e H. euclaston nativas do sul do Brasil; ocorre ainda, na Argentina central e setentrional, no Uruguai e no Brasil meridional. Além disso, o Brasil é um dos poucos países do mundo que ainda dispõe de populações extensivas de germoplasma silvestre de arroz, Oryza latifolia, O. glumaepatula e O. grandiglumis, em condições naturais, isoladas de cultivos comerciais, e, portanto, sem a introgressão de alelos da espécie cultivada (Rangel et al., 2002). Dentre as espécies que podem ser potencializadas ao cultivo encontram-se o milheto (Pennisetum glaucum), o cereal tef (Eragrostis tef) e os pseudocereais quinoa (Chenopodium quinoa Willd.), o amaranto (Amaranthus spp.) e o trigo sarraceno (Fagopyrum esculentum).

 

Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Parque Estação Biológica W5 norte final

Caixa Postal: 2372 CEP: 70770-917 Brasília-DF

 

Curador de recursos genéticos

Sylvana de Paiva Pinto Costa

Telefone: (61) 3448 4646

E-mail: sylvana.costa O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Curriculo lattes: http://lattes.cnpq.br/1763927401701796

 

Instituição

Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Homepage

www.cenargen.embrapa.br

Endereço

Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
Parque Estação Biológica W5 norte final – Caixa Postal: 2372
70770-917 – Brasília-DF – Brasil

Importance

The quality and quantity of food access required by the human being is a basic right for its life. In this meaning, the Brazilian food security direct and indirectly depends on cereals, as wheat, rice, corn, barley, oat, sorghum, millet, triticale and rye. The Brazilian production of these crop species actually, presents a total of 19 millions hectares cultivated and 47 millions of tons of grain production, however, the national production is still not sufficient to attend the internal cereals demand. The deficit caused by the internal low grain production and the consumer great demand puts Brazil into a strong position of dependent on import product.

Strategies

One of the effective strategies to contribute with greater diversity and food offer is the organization and preservation of germplasm repository with large genetic variability, to be available to crop species breeding programs.  Actually, Embrapa maintain several repositories called germplasm banks, with approximately 52 thousand accessions of cereals and affinity species, where it would be also preserved wild populations, native species and interespecific hybrids.  
Within the species that can be potentially cultivated, it can be find the Tef cereal and the Pseudo cereals as Quinoa, Amaranth and Sarraceno wheat. Unknown or scarcely used in the Brazilian agriculture, these species in others countries present relevant social and economic importance due to their several uses and nutritional value.

Objectives

The developed activities in genetic resources of cereals, affinity species, natives and exotics and pseudo cereals with immediate or medium importance for the Brazilian agricultural system, take up the following objectives:
1. Enrichment of the available genetic variability;
2. Agronomic, morphological, phenotypic, molecular and citogenetic characterization and evaluation;
3. Medium-long term conservation and maintenance of the available genetic variability;
4. Documentation and availability of the cereals genetic resources information;
5. Development and organization of genetic resources collections with aggregate value.

History 

The common wheat and barley research in Brazil started in the year of 1920 and for triticale it has started in the final decade of 60; also, in the decade of 80 the oat research has restarted, given input to initiate the establishment of the cereals national genetic patrimony. Similarly, precious genes reservoir that urge to be preserved and used, is found in the barley native wild species Hordeum stenostachys and H. euclaston occurring in south of Brazil; these species also occurs in the central and northern part of Argentine, and southern part of Uruguay. Beside that, Brazil is one of the few countries in the world that still have and hold extensive populations of wild rice germoplasma, Oryza latifolia, O. glumaepatula e O. grandiglumis, located in natural conditions, isolated from commercial production, without allele introgressions from cultivated species (Rangel et al.2002). Within the potential species to be used it can found millet (Pennisetum glaucum), cereal tef (Eragrostis tef) and the pseudo cereals quinoa (Chenopodium quinoa), amaranth (Amaranthus spp) and Saracen wheat (Fagopyrum esculentum).

Embrapa
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia